Como se tornar um personal trainer empreendedor

Cada vez mais, o personal trainer está se tornando um empreendedor – e isso pode ser muito positivo para a profissão. Saiba mais no blog!

Você já se perguntou se deveria abrir um negócio como personal trainer?

Para muitas pessoas, empreendedorismo é um assunto que gera confusão, pois elas pensam que abrir um negócio significa, necessariamente, ter uma equipe ou criar uma estrutura física para a operação da sua marca.

No entanto, não precisa ser assim: ser empreendedor tem muito mais a ver com exercitar a mentalidade de negócio.

Então, a proposta desse post é, justamente, quebrar esse mito e te mostrar por que e como o personal trainer pode desenvolver uma mentalidade empreendedora. Vamos lá!

Motivações para se tornar um personal trainer empreendedor

Nos últimos anos, contratar um personal trainer está deixado de ser “algo de elite”, e passou a ser um serviço alcançável por qualquer pessoa que deseja mudar hábitos e melhorar a qualidade de vida.

Inclusive, segundo publicação da revista Exame, o Brasil ocupa o 2º lugar no ranking mundial de academias. Esse cenário reforça que, sim, as pessoas estão buscando se exercitar mais e, assim, estão criando oportunidades de trabalho para inúmeros personais.

Ou seja: o mercado de personal training está crescendo. Então, se não faltam oportunidades de atuação, a questão passa a ser: como os profissionais da área estão interceptando essas demandas?

Felizmente, muitos já entenderam que precisam vender seus serviços como uma “marca” faria. É o seu caso, personal?

personal-trainer-empreendedor-trabalhando-online-de-casa
Foto de Kampus Production no Pexels

A mentalidade do personal trainer empreendedor

Se o cenário mudou, os profissionais precisam começar a mudar também.

A verdade é que não adianta ficar apenas observando o mercado, sem ter nenhuma ação estratégica.

Foi preciso correr atrás para desenvolver técnicas, metodologias e formatações para buscar captar os clientes. Os profissionais então começaram a reciclar conhecimentos, evoluir e aprender coisas novas.  

Na prática, começaram a estudar sobre marketing, aprender a formatar serviços e vender online, aprenderam a fazer uma boa gestão financeira e muito mais. Se tornaram um verdadeiro negócio de um profissional só.

O segredo está em não estacionar nos conhecimentos técnicos de personal trainer. De fato, aqueles que buscaram conhecimentos que vão além da sua especialidade (como vendas, gestão, processos, finanças, marketing, etc), começaram a se destacar, garantindo para si uma fatia desse mercado que só cresce!

Afinal, quando o profissional atualiza sua mentalidade, ele se prepara para atender a demanda do mercado de uma forma mais assertiva. Os profissionais entenderam que não se trata de ter um negócio e sim ser um negócio. Aprenderam a criar um serviço e entregá-lo da melhor maneira para seu público, se preocupando com a qualidade e com os resultados, desenvolver estratégias de vendas e de relacionamento com clientes.

Como se tornar um personal trainer empreendedor

A verdade é que, para se tornar um empreendedor em qualquer área (incluindo personal training), precisamos começar pela nossa mentalidade.

É através da sua mudança de percepção sobre a profissão que se chega ao perfil empreendedor. Dificilmente um empreendedor acerta de primeira. Por isso, ele é um empreendedor e não um empresário, porque está em constante aprendizado e desenvolvimento.

Você achava que esses termos eram sinônimos? Na verdade, ser empresário é uma profissão, enquanto ser empreendedor está muito mais ligado a uma postura, uma forma de se comportar e uma maneira de ver o mundo.

Portanto, para ser um profissional mais empreendedor, existem algumas das habilidades que você precisa desenvolver, como:

  • Ser capaz de planejar, executar e entregar o que se propõe;
  • Buscar ter um serviço com desempenho diferenciado dos demais  profissionais;
  • Testar e não desistir na primeira tentativa;
  • Conseguir se comunicar de forma eficiente com clientes;
  • Se preocupar com o cliente pensa, pedindo feedback.

Por isso, quando pensamos que ser um personal trainer empreendedor envolve desenvolver habilidades, você pode começar agora mesmo a fazer isso, renovando os seus conhecimentos e mudando sua mentalidade.

Quer saber mais sobre essa diferença? Confira esse link:
https://meubolsoemdia.com.br/Materias/empreendedor-ou-empresario-qual-e-a-diferenca

Personal trainer empreendedor pode trabalhar como MEI?

Desde 2018, os profissionais da área de Educação Física (como personal trainers) não podem mais atuar como MEI (Microempreendedor Individual).

O motivo? As atividades profissionais do personal já são regulamentadas por lei, além de fiscalizadas pelos Conselhos Regionais de Educação Física (CREF). 

Assim, como o objetivo do MEI era justamente formalizar as profissões que não são atendidas por uma legislação específica (e, portanto, saiam no prejuízo em relação aos benefícios trabalhistas), o personal trainer não se enquadra nessa categoria.

Ou seja: nada de MEI para você, personal!

Já que não dá para ser MEI, quais são as alternativas do personal trainer empreendedor?

Como os personal trainers não se enquadram na modalidade de MEI desde 2018, restam duas opções:

1 – Tornar-se um profissional autônomo

Na categoria de profissional autônomo, o personal trainer empreendedor deve, obrigatoriamente, realizar um registro na prefeitura para retirar o Cadastro do Contribuinte Mobiliário (CCM)

Dessa forma, irá pagar as taxas de Imposto Sobre Serviços (ISS), que variam entre 3% a 5% dos valores mensais ou taxas pré-fixadas (dependendo da cada prefeitura).

Ainda, o profissional irá contribuir com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), em um valor de 20% sobre seus ganhos.

2 – Tornar-se um empresário individual 

Na categoria de empresário individual, o personal trainer empreendedor pode optar pelo regime simplificado de tributação nacional.

Nesse caso, o valor dos impostos cobrados terá relação com os ganhos anuais do profissional: para até R$ 180 mil de ganhos anuais, os tributos serão de 15,50% sobre as receitas mensais e, se o valor anual for maior que R$ 180 mil, os tributos passam para 18%.

Além disso, da mesma forma que o profissional autônomo, o personal trainer empreendedor também terá que recolher valores de INSS

Quer saber mais sobre imposto de renda para personal trainer? Clica aqui!

Personal, aprenda como empreender online – sem gastar nada!

Esteja preparado para o mercado de trabalho, personal: conheça o nosso CURSO GRATUITO de consultoria online para personal trainerClica aqui para assistir 🤩

E, se quiser ganhar acesso a outros conteúdos exclusivos sobre esse assunto, faça um teste grátis no app da MFIT: é só clicar aqui para se cadastrar – sem compartilhar nenhum dado bancário!


Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *